Pela quinta vez em quinze anos, a Volkswagen apresentará um conceito que evoca o espírito da Kombi. Diferentemente do Fusca, que já está em sua segunda geração ressuscitada, a Velha Senhora se manteve intacta no Brasil até seu fim em 2013.

[interlinks]

Fazendo parte da família I.D., tida pela Volkswagen como tão revolucionária quanto os primeiros Fusca e Golf, a nova Kombi será revelada como conceito no Salão de Detroit. Porém, diferentemente das outras cinco vezes, este modelo estará a caminho da produção.

O teaser deixa clara a inspiração na Kombi: frente achatada com logotipo gigantesco e friso que desce ao centro do para-choque e divide a pintura em dois são marcas da primeira geração da Kombi. As lanternas traseiras verticais são sinais de modernidade presente em todos os conceitos inspirados na mais famosa van, inclusive na Buud-e apresentada no Salão de São Paulo.

Construída sobre a plataforma MEB para modelos elétricos, a Kombi da família I.D. terá dois motores movidos a eletricidade instalados em cada eixo. O motor usado no hatch I.D. contava com 168 cv e autonomia máxima de 600 km. Para a nova Kombi, são esperados resultados ainda melhores. Condução autônoma também fará parte da nova Velha Senhora, com direito a volante retrátil.