Aos cinquenta anos, é fácil imaginar uma vida bem estabelecida, filhos crescidos e independentes, além uma posição de respeito na sociedade. O cinquentão Corolla não tem do que reclamar. Apesar de nascido em 1966, o Toyota ainda parece jovem – quem dera, foram inúmeras plásticas ao longo de sua vida.

[interlinks]

Toyota Corolla

A maturidade também trouxe ao veterano sedã o título de carro mais vendido do mundo, com nada menos do que 44 milhões de carros com o nome Corolla estampado na traseira. Afinal, com 11 gerações com diversas modificações para regiões distintas e carrocerias diversas, fica um pouco difícil dizer que se tratar apenas de um mesmo carro.

Toyota Corolla [1]

Hoje o Corolla é produzido em 16 fábricas diferentes: Indaiatuba, Brasil; Cambridge, Canadá; Guanzhou e Tianjin, China; Cumaná, Venezuela; Bidadi, Índia; Susono, Shizuoka, Higashi e Fuji, Japão; Karachi, Paquistão; Durban, África do Sul; Zhongli, Taiwan; Chachoensao, Tailândia; Adapazari, Turquia; Blue Springs, Estados Unidos.

Toyota Corolla [2]

O nome Corolla é o segundo mais antigo dos 79 anos de história da Toyota, perdendo apenas para o Land Crusier. Além disso, ele é o oitavo carro mais velho da indústria automotiva global, perdendo apenas para os Chevrolet Suburban e Corvette, os Ford F-Series e Mustang, Mercedes-Benz SL e Porsche 911.

Toyota Corolla 3