Apesar de não ser mais vendido como um modelo 0km, a Tesla não esqueceu de seu primogênito, o Roadster. Por causa deste pequeno conversível elétrico baseado no Lotus Elise, a marca ganhou projeção mundial e a mais respeitável fabricante de carros movidos a eletricidade no mundo. Ele também foi o responsável por dar dinheiro a Tesla para que ela desenvolvesse o memorável Model S e, de certa maneira, o Model X.

[interlinks]

Por meio de uma troca de mensagens entre um dono de um Tesla Roadster e o CEO da marca, Elon Musk, o executivo confirmou que um update 3.0 para o modelo está a caminho. Esta melhoria de software fará com que a potência do modelo seja ampliada e as baterias consigam render cerca de 31% a mais. No entanto, será oferecida ainda a troca de baterias por modelos melhores, além de um novo bodykit aerodinâmico que reduzirá o coeficiente de arrasto do Roadster ao mesmo nível de modelos como Lamborghini Diablo e BMW Série 7.