Após alguns acidentes envolvendo o sistema de condução autônoma da Tesla, o Autopilot, incluindo um acidente fatal, a fabricante de carros elétricos prepara uma atualização importante em seu sistema a fim de evitar futuros danos aos motoristas. Uma medida paliativa feita pela Tesla visa disciplinar os condutores para o uso correto do Autopilot.

[interlinks]

A versão 8.0 do sistema trará um novo alerta que obriga o motorista a manter certa pressão dos dedos no volante. Se o motorista negligenciar o aviso, ele terá 15 segundos para voltar os dedos no volante antes que o carro desabilite o sistema.

Tesla Model X

Para evitar problemas, o Autopilot diminuirá gradativamente a velocidade do veículo e emitirá alertas para que o motorista reassuma o controle. Caso isso ocorra, o Autopilot ficará bloqueado até que o carro seja totalmente parado e o câmbio retorna à posição P. Desta maneira a Tesla acredita que evitará novos acidentes causados pelo uso indevido do Autopilot.