Junto da apresentação dos reestilizados GLA e AMG GT, a Mercedes-Benz anunciou o investimento de 1 bilhão de euros na próxima geração de carros compactos. A marca ainda ressaltou que além da próxima geração de Classe A, CLA, GLA e Classe B, a família terá mais três novos membros.

Para permitir a ampliação da gama, a Mercedes prepara uma evolução da atual plataforma de compactos. Chamada de MFA2 a reformada plataforma será mais leve e permitirá a construção de modelos maiores. Além disso, é esperada uma maior diversificação visual entre eles. As novidades na família ficarão por conta do sedã derivado do Classe A que, diferentemente do CLA, um cupê de quatro portas, terá visual tradicional para bater de frente com Audi A3 Sedã e BMW Série 1 Sedã.

A distância entre o atual GLA e o GLC é grande, permitindo que um modelo intermediário se encaixe neste nicho, o GLB. Além disso, o GLA está mais para versão aventureira do Classe A que um SUV propriamente dito. Rumores apontam que o GLB terá visual inspirado no tradicional Classe G. Por fim, o terceiro membro ainda tratado como um rumor, pode ser o inédito SLA, conversível pequeno nos moldes do Mazda MX-5 Miata.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário
Insira seu nome aqui