O governo Britânico busca alternativas para a redução no nível de gases poluentes emitidos por veículos a diesel no país. Um projeto apresentado prevê taxas que podem chegar a vinte libras, cerca de oitenta reais diários para quem quiser ter acesso as regiões centrais de pelo menos trinta e cinco cidades.

Se for aprovada, a nova medida afetará principalmente os proprietários de veículos mais antigos, por não estarem em concordância com as novas leis sobre emissão de poluentes aprovadas nos últimos anos, independentemente de serem carros, ônibus ou caminhões.

O jornal “The Times” estimula que a frota de veículos a ser afetada com a medida chega a dez milhões de veículos, o que poderia gerar por dia um montante de até duzentos milhões de libras, oitocentos milhões de reais caso todos estes utilizem as regiões centrais das cidades. A opção pela cobrança de taxas busca evitar a proibição imediata da circulação da frota antiga, o que afetaria a logística de entrega de produtos e também o uso comum.

Ainda sobre o tema, na última semana o grupo alemão Daimler AG anunciou que deverá lançar dez novos modelos elétricos até 2022, atendendo com antecedência a legislação que entrará em vigor em 2030. Clique aqui e confira.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário
Insira seu nome aqui