Depois de divulgar imagens da dianteira de seu primeiro SUV, a Rolls-Royce liberou o Cullinan para testes nas ruas. A camuflagem mais pesada, como não poderia deixar de ser, está concentrada na traseira, o ponto mais misterioso do modelo.

[interlinks]

A Rolls-Royce tradicionalmente produz modelos com três volumes, por isso fica um tanto quanto difícil imaginar como será aplicada a identidade visual da marca em uma traseira com queda acentuada, como um SUV. O flagra, no entanto, mostra que o estilo seguirá o que é visto em outros modelos.

O estilo geral é bem próximo ao do Range Rover Vogue, com poucas curvas e estilo parrudo reforçado pelas linhas retas. A lanterna traseira poderá invadir a tampa do porta-malas, como há anos os carros da Rolls-Royce não fazem. A única dúvida que ainda paira é sobre a presença, ou não, de portas traseiras suicidas. Apesar do flagra indicar que elas estão ali, há uma protuberância na parte traseira da porta, indicando também uma possível maçaneta de abertura tradicional.