O mega recall causado pelos airbags defeituosos da fabricante Takata teve início em 2013 e já afeta mais de 50 milhões de veículos no mundo todo. Agora, três anos depois, o caso ainda rende campanhas de reparo, como é o caso da Honda no Brasil. A fabricante anunciou um chamado para 164.076 unidades divididas entre Fit e City.

[interlinks]

O motivo do recall é o mesmo de diversos outros já realizados pela Honda e por outras fabricantes japonesas, como Toyota e Nissan. Em caso de um acidente com colisão frontal, onde há o acionamento dos airbags frontais, os mesmos podem se romper, projetando fragmentos metálicos para o interior do veículo, contra os ocupantes. Com isso, há riscos de danos físicos e materiais – em situações mais graves, lesões que podem ser fatais.

honda-city-01

Para o reparo, a Honda convoca as unidades do Fit fabricadas em 2012 e do City feitas de 2012 a 2014. Os proprietários dos modelos devem entrar em contato com uma concessionária Honda de sua preferência para o agendamento ou fazê-lo no site www.honda.com.br/recall/autos. Os reparos terão início no próximo dia 8 de fevereiro. Posteriormente, a partir de 1 de junho, será a vez dos modelos 2013 e 2014 do Fit fazerem o agendamento. Está à disposição o telefone 0800 701 3432 (de segunda a sexta-feira das 8 às 20h, no horário de Brasília). Veja, abaixo, os chassis envolvidos no recall.

honda-fit-09

Honda Fit 2012 a 2014: CZ103030 a EZ503439
fabricados entre 04/08/2011 e 10/04/2014

honda-city-02

Honda City 2012 a 2014C*209151 a C*307830

fabricados entre 14/12/2011 e 02/06/2014