A Chevrolet já teve representantes no segmento de peruas no Brasil e com relativa força. A perua Corsa viveu na garagem de muitos brasileiros nos anos 1990 e começo dos anos 2000. A Suprema, perua derivada do Omega, também fez parte do imaginário de muitos pelo luxo e desempenho – curiosamente, o espaço interno fez com que ela construísse uma carreira como carro funerário. Mas, e se a General Motors voltasse a vender peruas no Brasil? Nesse sentido, imaginamos como ficaria uma possível Chevrolet Prisma SW.

– Siga o AUTOPOLIS no Facebook
– Leia mais notícias sobre a Chevrolet

Já apresentamos outra perua compacta imaginária aqui no AUTOPOLIS, a Hyundai HB20 SW e mostramos agora como seria sua maior concorrente. A Prisma SW adotaria soluções visuais vindas de seu irmão sedã, assim como a plataforma ampliada na traseira. Da coluna B para trás tudo seria novo. As portas teriam recorte mais reto na região dos vidros para se integrarem às vigias traseiras.

Chevrolet Prisma LTZ 2013

A traseira contaria com linhas arredondadas e estilo esportivo. O vidro inclinado com um generoso aerofólio remeteriam à perua Cruze vendida apenas na Europa. As lanternas seriam menores do que as apresentadas em Prisma e Onix, porém compartilhariam com seus irmãos o estilo. Diferentemente deles, no entanto, seria o posicionamento da placa, que deixaria o para-choque para habitar a tampa do porta-malas de grande abertura.

Gostaram do resultado? Acreditam que, se lançada, essa Prisma SW se daria bem no mercado nacional? Deixem suas opiniões na área de comentários.