Uma verdadeira relíquia da história automotiva norte-americana e mundial estará em exibição na próxima edição do “Carlisle GM Nationals”, evento que ocorre entre os dias 26 e 28 de junho em Carlisle (Pennsylvania, EUA). Trata-se do primeiro Chevrolet Camaro produzido, num lote de 49 unidades piloto fabricadas pela Fisher Body em 1966, como modelos 1967.

Siga o AUTOPOLIS no Facebook
Leia mais notícias sobre a Chevrolet

O exemplar passou por vários proprietários e chegou a ser usado em competições de arrancada, até que os últimos donos resolveram restaurá-lo, num lento trabalho concluído em maio de 2014.

O resultado ficou fantástico, restabelecendo fielmente as características originais do cupê, como a pintura na cor “Grenada Gold”, rádio com seletor do tipo “push-button”, pneus com faixa branca e motor seis cilindros de 3,8 litros (igual ao utilizado nos primeiros Opala).

Camaro-n1_002

Todo processo de restauro do Camaro N100001 é contado no vídeo que você confere abaixo, que mostra o lastimável estado em que o carro se encontrava e a verdadeira obra de arte em que se transformou.

O “Carlisle GM Nationals” é um dos 13 eventos do circuito anual chamado “Carlisle Events”, tradicional encontro de antigomobilistas estadunidenses, realizados, em sua maioria, na cidade de Carlisle. A maior parte dos eventos é dedicada a temas específicos, como marcas (Ford, GM e Chrysler), modelos (Corvette) e caminhões, dentre outros.

A Fisher Body era uma empresa fundada em 1908, que produzia carrocerias para a General Motors. Posteriormente foi incorporada pela gigante automotiva de Detroit e permaneceu em atividade até ser extinta em 1984. Descendentes dos fundadores tentaram, sem sucesso, trazer a empresa de volta à vida em 2008, mas a empreitada fracassou e foi definitivamente liquidada em 2011.