Já tentou comprar um carro médio com câmbio manual? Salvas algumas exceções como Ford Focus 1.6 e Fiat Bravo, o restante abandonou o terceiro pedal da embreagem há um certo tempo. Chevrolet Cruze e Nissan Sentra, por exemplo, não são mais vendidos com câmbio manual nem que você implore. E esta tendência está chegando aos pequenos: a oferta de modelos verdadeiramente automáticos está crescendo e o público se interessou.

Está de olho em um compacto que dê descanso para o pé esquerdo? Selecionamos os cinco carros automáticos mais baratos do Brasil.

Toyota Etios Hatch 1.3 X

Toyota Etios X AT

O Etios é a surpresa do grupo, sem dúvida. Somente a Toyota teve coragem ao possibilitar a escolha do câmbio automático em todas as versões e motorizações, sem exceção. Por R$ 47.625 o Etios hatch na versão de entrada X com motor 1.3, ganha o título de automático mais barato do Brasil. Mas achou que isso seria sinônimo de regalias? Engano seu. Ele vem sem rádio e o câmbio tem arcaicas quatro marchas, apesar do conjunto ser muito bom.

Toyota Etios Sedã 1.5 X

Toyota Etios X Seda AT

E lá vem o Etios mais uma vez, só que a vez é do sedã. Porta-malas maior, R$ 5.515 (R$ 52.140) a mais na conta e o motor 1.5 de 107 cv (contra 98 cv do hatch 1.3) deixam o Etios Sedã em segundo lugar. Os equipamentos se equivalem: ar-condicionado, direção elétrica, vidros elétricos nas quatro portas, ABS, Airbag e ISOFIX. Não se esqueça que agora o painel central é totalmente digital e cheio de recursos, um verdadeiro milagre operado no Etios.

Chevrolet Onix 1.4 LT

chevrolet-onix

Cansou de tanto Etios? Que tal o Chevrolet Onix com duas marchas a mais? Ele está no fim da vida com esta carinha que já dura alguns anos – ele receberá um facelift até o fim de 2016 – portanto, esta é uma boa hora para garimpar descontos e levar ele por menos que os R$ 53.890 pedidos pela Chevrolet. Ele vem com ar-condicionado, vidros elétricos nas quatro portas, MyLink (único com central multimídia), controle de cruzeiro, volante em couro, direção hidráulica. Calotas também fazem parte do pacote, mas ele não está sozinho nessa.

Nissan March 1.6 SV

O único desta lista que conta com câmbio CVT é o estreante Nissan March. Por aqui, ele dispensa o pedal da embreagem apenas nas versões SV e SL. Pacote de itens de série se equipara ao Onix, apesar de não contar com central multimídia, nem controle de cruzeiro, mas dispor de faróis de neblina e rodas de liga-leve (acredite, só ele não vem com calotas). O conjunto motor e câmbio é bem acertado no compacto, sem a letargia comum de carros CVT com motor pequeno.

Hyundai HB20 1.6 Comfort Plus

Hyundai HB20 Comfort Plus AT

O último representante da lista dos automáticos mais baratos do Brasil, é o Hyundai HB20 Comfort Plus. A diferença de preço entre ele, Onix e March é menor que R$ 1 mil, deixando a escolha se valer muito do gosto pessoal. A transmissão é de seis marchas, como no Chevrolet e o motor é 1.6, como no Nissan. Recentemente reestilizado, o HB20 é o mais novo em termos visuais de todos os cinco aqui presentes e leva vantagem também na garantia de cinco anos. A lista de equipamentos é bem parecida com a do Onix, apesar de dever central multimídia.