A Nissan iniciou um chamado de recall envolvendo 1.152 unidades do Altima no Brasil. Fabricados entre junho de 2013 e janeiro de 2014, os modelos podem apresentar falhas no sistema de travamento do capô, que pode se abrir em movimento.

[interlinks]
A campanha se dá pelo mesmo motivo que levou 220 mil exemplares do sedã a fazerem reparos nos Estados Unidos, em 2014. A trava secundária do capô pode se abrir com o veículo em movimento, fazendo com que o capô se abra. O risco só existe, porém, caso a trava primária tenha sido aberta por acidente ou o capô não tenha sido fechado de maneira correta. Com isso, são grandes as chances de acidentes com danos físicos e materiais aos ocupantes e a terceiros.

nissan-altima-traseira-movimento
Os reparos terão início na próxima segunda-feira (15) mediante agendamento prévio, terão duração de aproximadamente 1h e serão gratuitos. A Nissan comunicará, por cartas, todos os proprietários dos modelos afetados pelo recall – com chassis não sequenciais de 1N4CL3AP9EC100000 a 1N4CL3AP6EC269231. Para maiores informações, a marca disponibiliza o site oficial www.nissan.com.br e o telefone 0800 011 1090.