O fabricante suíço Bernhard Fred construiu um dos veículos mais espetaculares da versão 2015 do encontro de Wörthersee, na Áustria. Ele levou seis anos para restaurar e transformar um Volkswagen Kombi 1962 enferrujada numa corujinha absolutamente única em performance e visual.

[interlinks]

Com 530 cv de potência e 77 kgfm de torque máximo, é melhor não arrumar briga com ela. Seu motor de seis cilindros refrigerado a ar, com dois turbocompressores e construído em liga leve, é proveniente de um Porsche 993. A transmissão manual de seis velocidades foi herdada de um Porsche 996 GT3. A direção e os freios também saíram de um 993, enquanto as rodas BBS de competição calçadas com pneus 285/30 R18 são um show à parte.

Graças ao uso extensivo de fibra de carbono, o peso total do carro é 1.500 kg, resultando em uma relação entre peso e potência de apenas 2,8 kg/cv, semelhante a um esportivos puro-sangue.

A demora para a construção decorre do perfeccionismo de Bernhard. “Para mim, foi um desafio profissional. Eu queria saber o limite do que é possível “, diz o fabricante de carrocerias.