A Jeep comemora em 2015 os 75 anos do Bantam Reconnaissance Car, primeiro “jeep” produzido no mundo. Para celebrar a data, será realizado o Bantam Jeep Heritage Festival, em Butler, cidade localizada no estado norte-americano da Pensilvânia.

Siga o AUTOPOLIS no Facebook
Leia mais notícias sobre a Jeep

O festival inclui uma carreata que irá percorrer três milhas na região, liderada por um exemplar de cada ano de produção do que viria a ser o Wrangler, de 1940 a 2015. Mais de dois mil modelos da marca Jeep devem integrar o desfile, que dá início às demais festividades do evento, incluindo a exibição de modelos raros, passeios por trilhas off-road e até uma simulação de acampamento militar da 2ª Guerra Mundial com 15 modelos que participaram do conflito. A expectativa é que a carreata entre para o livro Guinness dos recordes.

Bantam-jeep-1

O primeiro “jeep” foi produzido por encomenda do exército norte-americano, que convidou fabricantes de automóveis do pais a participarem de uma rigorosa licitação para a produção de um veículo militar para “propósitos gerais” (“general purpose”). A empresa que venceu a licitação foi a hoje desconhecida American Bantam Car Company, que foi adquirida e extinta em 1956 pela empresa metalúrgica American Rolling Mills (hoje AK Steel Holding). Daí o nome do primeiro jipe ser chamado Bantam Reconnaissance Car (“Carro de Reconhecimento Bantam”). Posteriormente, o veículo também foi produzido pela Willys-Overland Motors e Ford.

O veículo logo passou a ser chamado pelas iniciais da expressão em inglês “general purpose”, GP, cuja pronúncia é “gee pee”. Daí para “Jeep” foi um pulinho. Muitos afirmam que o nome “Jeep” também foi uma referência ao personagem “Eugene the Jeep”, criado em 1936 por E. C. Segar para os quadrinhos do Popeye.