Com visual repaginado, novo interior, sistema de infoentretenimento de última geração e motor 1.0 de 3 cilindros, os novos Volkswagen Gol e Voyage chegam aos concessionários com preços iniciais de R$ 34.890 para o hatch e R$ 40.990 para o sedã. Com essas novidades, o Gol pretende reagir à perda da liderança do mercado brasileiro de automóveis. Com 36 anos de história, o hatch se torna um carro mais refinado, buscando assim, se manter competitivo frente a concorrentes mais modernos, como Chevrolet Onix, Hyundai HB20 e Ford Ka.

[interlinks]

Visualmente, as mudanças são pontuais, mas eficazes. Na frente, os faróis possuem um desenho mais elaborado em seus elementos internos, com defletores em formato poligonal ao invés dos antigos circulares. Contudo, mudança mais marcante foi aplicada ao para-choque, que segue um estilo parecido com adotado por Golf e Fox, agregando mais imponência ao Gol e Voyage. A única diferença entre o para-choque da versão Comfortline e a básica Trend é que a primeira possui faróis de neblina, ausentes na segunda, enquanto a Highline traz farol de neblina e um friso cromado no centro das entradas de ar.

Na traseira do Gol mudaram a tampa do porta-malas, as lanternas e o para-choque. Enquanto a tampa e o para-choque ganharam novos vincos, mais pronunciados, as lanternas possuem um novo padrão de lentes, com um interessante efeito tridimensional. No Voyage, apenas as lanternas e o para-choque mudaram, permanecendo inalterada a tampa do porta-malas.

Gol_002

Evolução interior

O interior recebeu maiores mudanças, com destaque para os novos painel e sistema de infoentretenimento, além do acabamento mais caprichado.

O novo painel sugere mais sofisticação, com estilo mais horizontal e elaborado, alinhado aos modelos mais sofisticados da marca. As antigas saídas redondas do sistema de ventilação, de aspecto simplório, dão adeus e cedem seus lugares a outras novas e mais elegantes, em formato de trapézio. Opcionalmente, é oferecido um interessante suporte de celular localizado no topo do painel, que facilita a visualização e recarga do dispositivo.

Outro detalhe que colabora para esse aspecto mais refinado do interior é o novo volante, que possui a parte inferior reta em todas as versões, mesmo nas mais simples, e não apenas nas multifuncionais ou revestidos de couro.

É nítido o esforço da marca por elevar o nível do acabamento interno. Além dos revestimentos com materiais de melhor qualidade, não há rebarbas e o encaixe entre as peças é perfeito. Nada que remeta a um modelo de entrada ou popular, o que, realmente, o Gol já deixou de ser.

A lista de itens de série também cresceu. Desde as versões de entrada, os novos Gol e Voyage trazem de série itens como direção hidráulica, vidros dianteiros com acionamento elétrico, travamento central e abertura interna da tampa do porta-malas. O hatch agrega ainda limpador e desembaçador traseiro com temporizador.

Gol_013

Bem conectado

Um dos maiores destaques dos novos Gol e Voyage é sistema App-Connect de última geração, com tela sensível ao toque, que permite espelhamento de smartphones com as plataformas MirrorLink, Apple CarPlay e Google Android Auto. Dentre os inúmeros recursos do sistema, é possível parear dois celulares simultaneamente via Bluetooth. A nova central é oferecida na versão Highline, com o sistema de navegação Discover Media NAV opcional.

Na versão Trendline é oferecido, opcionalmente, o sistema de rádio tipo duplo din com visor simples 140G. A Comfortline traz o rádio 330G, também do tipo duplo din, mas com visor maior e maios recursos agregados.

Gol_016

Sob o capô

Nas versões 1,6 litro, os novos Gol e Voyage seguem equipados com motor 1.6 Total Flex que gera 104 cv de potência e 15,6 kgfm de torque quando abastecido com etanol (101 cv e 15,4 kgfm com gasolina), que recebeu mudanças para redução do atrito interno, com objetivo de melhorar sua eficiência.

A grande novidade mecânica foi a introdução do motor 1.0 de três cilindros já utilizado no Up e Fox. Muito mais moderno que o antigo 1.0 de quatro cilindros que equipava o Gol, o novo propulsor gera 82 cv de potência e 10,4 kgfm de torque quando abastecido com etanol (75 cv e 9,7 kgfm com gasolina). Segundo a Volkswagen, o novo 1.0 tricilíndrico tem eficiência energética até 11% maior que seu predecessor, conferindo-lhe nota A pelo sistema do INMETRO.

Gol Connect

Para celebrar a chegada da nova linha Gol, a Volkswagen está lançando a série especial Gol Connect, caracterizada pela pintura Azul Lagoon e detalhes de acabamento exclusivos nos bancos e painel. A versão conta com o sistema de infoentretenimento e navegação Discovery Media e pode vir equipada com suporte de celular no topo do painel. A versão também inclui pacote elétrico, sensor de estacionamento traseiro e rodas exclusivas de 15 polegadas, em pneus de medida 195/55 R15.

Gol_004

Como andam

Com motorização 1,6 litro, os novos Gol e Voyage se comportam como velhos conhecidos. A potência e o torque são robustos o suficiente para dar aos modelos um bom desempenho. Não é nada que empolgue demais, mas é na medida para uma condução agradável e segura.

Em movimento, as versões 1.6 trazem mais novidades “sensoriais” do que mecânicas. O novo habitáculo tornou a vida a bordo muito melhor para quem dirige e os passageiros. A sensação é de estar num carro de nível superior, especialmente nas versões Comfortline e Highline, e muito dessa percepção se deve aos novos painel e volante.

Nas versões 1.0, a melhora de performance é percebida com logo nos primeiros quilômetros e aumenta quanto mais se acumula quilometragem com o carro. Embora o torque seja ligeiramente menor se comparado ao antigo 4 cilindros (10,4 kgfm no novo contra 10,6 no antigo, com etanol), o fato dele estar quase todo disponível a 2.000 rpm deixa o carro bastante ágil, especialmente no acelera-freia do trânsito urbano. Com 75/82 cv (gasolina/etanol), o carro embala bem e consegue manter boas velocidades na estrada.

Outra grande virtude do novo tricilíndrico 1.0 em relação a seu predecessor é o baixo consumo de combustível. Embora no teste de lançamento não tenha sido possível fazer uma avaliação precisa do consumo, não é difícil alcançar até 20 km/l de gasolina na estrada, rodando até 100 km/h. Sem dúvida, a troca do velho quatro cilindros pelo novo motor só trouxe vantagens.

O AUTOPOLIS terá acesso a um Gol Highline 1.6 por uma semana, quando teremos a oportunidade de detalhar melhor o comportamento do novo Gol, tanto no aspecto da habitabilidade, como no desempenho e consumo. Aguarde!

Gol_009

Preços

A Volkswagen praticou uma pequena redução nos preços dos modelos 2017 do Gol e Voyage. Segundo a marca, no Gol a redução média foi de 2,5%, enquanto, no Voyage, foi de 5,7%. Confira abaixo as versões e preços de toda linha.

Volkswagen Gol Tredline 1.0 MPI – R$34.890
Volkswagen Gol Tredline 1.6 – R$ 40.190
Volkswagen Gol Comfortline 1.0 MPI – R$ 42.690
Volkswagen Gol Comfortline 1.6 – R$ 47.490
Volkswagen Gol Comfortline 1.6 iMotion – R$ 50.790
Volkswagen Gol Highline 1.6 – R$ 51.990
Volkswagen Gol Highline 1.6 iMotion – R$ 55.290

Volkswagen Voyage Tredline 1.0 – R$ 40.990
Volkswagen Voyage Tredline 1.6 – R$ 44.590
Volkswagen Voyage Comfortline 1.0 MPI – R$ 46.490
Volkswagen Voyage Comfortline 1.6 – R$ 49.790
Volkswagen Voyage Comfortline 1.6 iMotion – R$ 53.090
Volkswagen Voyage Highline 1.6 – R$ 55.290
Volkswagen Voyage Highline 1.6 iMotion – R$ 58.590

Volkswagen Gol Connect 1.0 Manual – R$45.190
Volkswagen Gol Connect 1.6 Manual – R$ 49.990
Volkswagen Gol Connect 1.6 iMotion – R$ 53.290