Com exceção da cansada Fiat Weekend e da corajosa Volkswagen SpaceFox, o mercado de peruas compactas no Brasil está morto. A primeira ofensiva contra este segmento foi feita pelas minivans no início dos anos 2000, o que resultou em grande parte das stations sendo descontinuadas ou, simplesmente, abandonadas. Quem dá o golpe de misericórida no segmento do mercado brasileiro hoje são os SUVs e crossovers – e isso não é exclusividade brasileira, já que o fenômeno também se repete na Europa, tradicional mercado para as peruas. Um bom exemplo é a substituição da perua Peugeot 207 SW (vale lembrar que não é a versão nacional) pelo crossover compacto Peugeot 2008. Mas, e se a Hyundai resolvesse ressuscitar este segmento apostando no sucesso do HB20? Que tal a HB20SW?

– Siga o AUTOPOLIS no Facebook
– Leia mais notícias sobre a Hyundai

Há alguns anos a Hyundai importou a perua i30 CW, porém as baixas vendas até mesmo do hatch em sua segunda geração desestimularam a vinda da nova perua. Por isso, a solução da HB20SW seria válida no Brasil caso a Hyundai desejasse ter uma perua por aqui. Em relação ao sedã HB20S, a perua dividiria diversos componentes, como a plataforma alongada e as lanternas. A dianteira não sofre alterações, mas, visto de frente, percebe-se no teto a presença das discretas barras longitudinais do bagageiro, cinza na versão Premium e preto nas restantes.

HB20SW_lateral

A traseira é o grande destaque da Hyundai HB20SW, com um desenho imponente e esportivo. O vidro traseiro invade a lateral da mesma maneira que a irmã i30 SW europeia. Apesar das lanternas traseiras serem as mesmas do sedã, a perua conta com um friso cromado interligando as duas peças, dando um visual próprio a ela. A tampa do porta-malas é grande, chegando à base do para-choque para auxiliar a colocação de cargas.

HB20SW_traseira