O Honda Fan Club está comemorando seu primeiro ano de atividade, preservando a memória da marca e aproximando os apaixonados pelo motociclismo dos 40 anos de história do fabricante no Brasil. Localizado no Centro Educacional de Trânsito (CETH) de Indaiatuba, o espaço reúne modelos clássicos em meio a um ambiente repleto de imagens que ajudam a contar cada etapa dessa longa e bem sucedida trajetória.

Honda Fan Club

Dentre os modelos expostos, está a primeira CG 125, que em 1976 marcou a chegada da Honda ao país. O exemplar de cor laranja, com seu desenho arredondado e diversos componentes cromados, é quase que uma cápsula do tempo, relembrando os costumes e gostos de uma época. Da até para imaginar um motociclista de longas costeletas e calça ‘boca de sino’ andando com ela. O principal diferencial do modelo era seu motor de quatro tempos, menos poluente e ruidoso do que os de dois tempos da concorrência.

Dentre outros modelos que marcaram época, também estão presentes a CB 400 de 1980, a XL 250R de 1982 ou a CBX 750F de 1986. Especialmente para quem viveu a época, essas motos provocam saudade.

A CB 400 foi a primeira moto de grande porte produzida no país e logo se tornou sonho de consumo. Seu motor bicilíndrico, com três válvulas por cilindro, tinha grande torque e dispensava reduções de mudanças de marcha. O câmbio tinha seis velocidades. A XL 250R, também apelidada de ‘Xisélona’ foi a primeira trial, com inovações na suspensão traseira e dinteira. Por fim, a CBX 750F, que com seu estilo próprio e seus 82 cv, era tão desejada que um modelo usado com três anos de uso (1986) era mais caro que um 0km (1989).

IMG_3532

Pelas janelas é possível ter uma vista panorâmica da pista de motocross anexa ao Centro, onde instrutores e esportistas aperfeiçoam sua pilotagem, e do traçado de asfalto onde os alunos dos treinamentos recebem suas aulas.

É um espaço que vale a pena ser conhecido. As visitas devem ser agendadas junto a um concessionário da marca.

CETH leva educação de transito a adultos e crianças

Junto com as atividades comemorativas do aniversário do Honda Fan Club, a Honda apresentou seu Centro Eduacional de Trânsito (CETH) de Indaiatuba. Inaugurado há 16 anos, o centro realiza treinamentos e promove boas práticas de segurança. Ocupa uma área total de 120 mil m², entre sede administrativa e espaço para treinamentos práticos. Na parte externa, a área de off-road tem cerca de 90 mil m².

Em paralelo aos treinamentos para adultos, destacam-se as atividades voltadas às crianças, ministradas pelo Clubinho Honda. Através delas, os pequenos aprendem regras de trânsito de forma prática e lúdica, conduzindo veículos de brinquedo em ambiente apropriado e sob orientação de profissional especialmente treinado.

Treinamentos CETH (10)

Além da unidade de Indaiatuba, há outros dois Centros no país, um em Recife (inaugurado em 2006) e outro em Manaus (aberto em 2013). Juntos, os CETHs já treinaram mais de 120 mil motociclistas.

Nos Centros são realizados diversos tipos de treinamentos, voltados ao público em geral e também empresas e instituições. Unidades da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros estão dentre os grupos treinados no CETH. As aulas são gratuitas, mas exigem agendamento prévio.

LI7A8313 c

Mesmo que você não possa estar presente em um dos Centros, a Honda mantém um site que reúne muitas das técnicas de pilotagem ensinadas nos treinamentos, com conteúdo multimídia de fácil assimilação. Além disso, o site traz todas as informações para quem deseja agendar uma visita ou treinamento. Para saber mais, acesse honda.com.br/harmonianotransito.

Mercado automotivo

Também durante o evento comemorativo do primeiro aniversário do Honda Fan Club, o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, apresentou um panorama do setor de veículos de duas rodas no país.

O segmento viveu um vertiginoso crescimento nos últimos anos, com a frota circulante aumentando 47% de 2009 a 2013. Hoje, o Brasil tem uma média de 20 motocicletas por habitante.

IMG_3407

Apesar de uma certa estagnação recente da atividade industrial, o setor conseguiu crescer 3,7% no primeiro trimestre de 2014 se comparado com o mesmo período do ano passado. Destaques para os modelos com motorização flex, cuja participação cresceu quase cinco vezes em 5 anos.

Marcelo de Queiroz viajou para Indaituaba (SP) a convite da Honda do Brasil.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário
Insira seu nome aqui