O Civic Si causa certo saudosismo entre os brasileiros. Produzido no Brasil em sua oitava geração, a versão esportiva do Civic batalhava com o Golf GTI pelo título mais potente e rápido carro produzido no Brasil. Por aqui, a nona geração foi vendida apenas em carroceria cupê por um breve período de tempo. Agora em sua décima encarnação, o Honda Civic Si aparece no Salão de Los Angeles como protótipo.

[interlinks]

O visual do modelo de produção seguirá à risca o que está aqui. A Honda decidiu tratar o modelo como protótipo para ganha mais tempo antes do lançamento e não dividir os holofotes com a concorrência. É algo bastante semelhante ao avant-premier do WR-V feito no Salão de São Paulo.

Honda Civic Si [4]

Assim como aconteceu com o WR-V no Brasil, o Civic Si não teve informações técnicas divulgadas. A única certeza, no entanto, será o uso do motor 1.5 turbo de quatro cilindros com acerto mais esportivo que o usado nas versões Sport do mercado norte-americano. Espere por algo próximo dos 225 cv pois a promessa da Honda é o mais rápido e potente Si da história.

Honda Civic Si [5]

O Civic Si será vendido apenas nas carrocerias sedã e cupê, como o modelo apresentado em Los Angeles. O Civic Hatch terá apenas a versão Type-R, topo da gama esportiva do Civic. O visual segue a receita do Civic Hatch, com para-choques agressivos acompanhados de enormes entradas de ar. Cromo da dianteira é trocado por acabamento preto como na versão Sport brasileira.

Honda Civic Si [11]

Na traseira do cupê conceitual, marcam presença o generoso aerofólio e também o para-choque com falsas saídas de ar acompanhado da saída de escape central. Por dentro, bancos concha com acabamento em Alcântara, tapetes vermelhos, painel de instrumentos com coloração vermelha e nova manopla de alumínio  para o câmbio manual de seis marchas.