Parece que ao se tratar de esportivos, os alemães não são tão patriotas assim. Agora que os europeus têm acesso ao Mustang importado oficialmente, eles estão preferindo o muscle-car norte-americano em detrimento aos seus refinados esportivos. Na Alemanha, o Ford superou tradicionais concorrentes legitimamente germânicos.

[interlinks]

Ford Mustang [4]

Com vendas na casa das 6 mil unidades nos últimos 12 meses, o Ford Mustang foi capaz de ofuscar modelos como Audi TT e a recém lançada dupla Porsche 718. O atrevido americano superou, inclusive, o mais clássico esportivo alemão, o Porsche 911. Uma das principais razões é o custo por cavalo: o Mustang com motor 5.0 V8 tem custo de 102 euros por cavalo, enquanto o 718 Cayman não sai por menos de 172 euros por cavalo.

Ford Mustang [2]

A preferência local neste momento inicial, surpreendentemente, é pelo modelo com motor 5.0 V8. No entanto, a Ford vem registrando um aumento crescente na demanda pelo Mustang EcoBoost – afinal, os clientes no velho continente têm de enfrentar preços altos da gasolina e também impostos mais altos por culpa de emissão de poluentes.

Ford Mustang [3]

A Ford também destaca o sucesso do Mustang nos Emirados Árabes, África do Sul e Arábia Saudita, onde também é líder de vendas entre os esportivos. China e Austrália tem mostrado crescimento forte nas vendas do muscle-car, com cerca de 3.500 unidades vendidas em cada país. Prometido para o Brasil, o novo Ford Mustang deve ser uma das atrações da marca no Salão do Automóvel de São Paulo em novembro.