Caminhando em passos curtos, a tecnologia de direção autônoma receberá, a partir de 2017, US$ 4 bilhões do governo americano para seu aprimoramento. O anúncio foi feito pelo secretário do departamento de trânsito dos Estados Unidos, Anthony Foxx, durante o último Salão de Detroit.

[interlinks]

O investimento, segundo Foxx, não atingirá sistemas semi-autônomos, como o existente no novo Mercedes-Benz Classe E. O montante bilionário será destinado para o desenvolvimento de sistemas totalmente autônomos que permitirão, com segurança, que modelos possam circular pelas ruas acompanhados ou não de um motorista.

Carro autônomo Google

Mais do que isso, o dinheiro servirá ainda para a criação de leis específicas para carros autônomos, que atingirão os EUA por completo – além de permitir que outros Estados da nação criem suas próprias regras de trânsito para os modelos.