Ele pode não ser o sedã médio mais vendido no mercado brasileiro, mas o Nissan Sentra é um bom meio termo entre a esportividade do Honda Civic e a suavidade do Toyota Corolla, ao menos na performance. No visual, apesar de ser um belo carro, ele conserva aquela famosa “cara de tiozão”.

[interlinks]
Nissan Sentra Unique
» Lista de Equipamentos
» Ficha Técnica

Em 2015, a Nissan lançou a inédita versão Unique do Sentra, assumindo o posto de versão topo de linha da gama do sedã. Esta nova variante conta como principais diferenciais em relação ao Sentra SL, o interior mais requintado e alguns equipamentos de série adicionais. Ele é substancialmente mais barato que seus conterrâneos em suas respectivas versões mais equipadas, mas será que isso se reflete no conjunto da obra do Nissan Sentra Unique?

Testeira-Visual

nissan-sentra-unique_12

É fato, o Sentra tem sim cara de tiozão. Ele abandonou o estilo minivan da geração anterior em favor de uma carroceria mais baixa e recheada de vincos. Suas linhas são elegantes, com destaque para a presença de LEDs nos faróis e lanternas traseiras. Diferentemente de outros modelos muito ousados e enjoativos, o Sentra deve envelhecer bem ao longo dos anos. A versão Unique conta como diferencial externo as esportivas rodas grafite aro 17, um toque de jovialidade para o sedã careta.

Testeira-Interior

nissan-sentra-unique_30

Couro bege, teto solar e as refinadas soleira de porta em alumínio e iluminadas são os diferencias do interior do Sentra Unique em relação às  outras versões do sedã japonês. Em questão de acabamento ele acerta na presença de superfícies macias nas portas e painel, mas deixa a desejar com o plástico frágil na parte de trás do volante e no console central. Organizada e com comandos de fácil acesso, a cabine não decepciona no visual. Apesar disso, ele poderia contar com botões do vidro iluminados ou, ao menos com a mesma cor bege do restante dos plástico da cabine.

Testeira-Ambiente

nissan-sentra-unique_23

Espaço interno farto é uma das boas virtudes do Sentra. O espaço para os ocupantes da segunda fileira de bancos é generoso, mesmo com um motorista alto ao volante. Por falar nisso, o motorista encontra facilmente a posição correta para dirigir nos confortáveis e baixos bancos do Sentra. O único revés nisso fica por conta do comando de regulagem dos encostos dianteiros, que poderiam ser de roldana para maior precisão. Faz falta também saídas de ar para os passageiros traseiros. Ainda assim, a cabine é digna de elogios pela harmonia visual.

Testeira-Tech

nissan-sentra-unique_16

O Nissan Sentra vai de acordo com o que se espera na categoria: ele conta com sensor de chuva e farol, além câmera de ré, sensores de estacionamento e chave presencial. Este último advento tecnológico tem uma característica um tanto chata: é necessário destravar as portas duas vezes para que as quatro portas sejam acessíveis a todos. Com apenas um toque apenas a porta do motorista é aberta. A central multimídia não é tão intuitiva quanto da irmã Renault, e requer certa adaptação, mas cumpre aquilo que se propõe.

Testeira-Ao-Volante

nissan-sentra-unique_2

O Sentra é bastante neutro nas curvas, não é um carro que arrancará sorrisos em rodovias sinuosas, mas percorrerá este trajeto com maestria, transmitindo muito conforto e segurança. Ele tende a sair de frente em velocidades altas como todo carro com tração dianteira, mas isso ocorre apenas quando seu limite é atingido, o que é um pouco difícil. Na estrada, o Sentra Unique é extremamente confortável, transmitindo pouco as irregularidades do asfalto e mostrando solidez ao passar por buracos.

Testeira-Sob-o-CVapô

nissan-sentra-unique_26

O motor é 2.0 flex de 140 cv de sempre, associado com o excelente câmbio CVT. Apesar do bom conjunto mecânico, o Sentra Unique é gastão. Em nossos testes, com etanol ele não ultrapassou a barreira dos 6km/l na cidade. Na estrada, por conta das rotações mais baixas em que o câmbio CVT faz o motor trabalhar, o consumo melhorou bastante, chegando a 11 km/l. Segundo o INMETRO, com gasolina ele é capaz de chegar a 9,1 km/l. Somente assim para comprovar a fama de econômico que ele possui, já que, com etanol, a conversa é outra.

Testeira-Desempenho

nissan-sentra-unique_3

Basta cutucar o acelerador que o sedã joga as rotações lá para cima e ganha velocidade tranquilamente, tudo graças ao bom casamento entre o motor 2.0 e o eficiente câmbio CVT. Por não simular marchas, as saídas de pedágio mais animadas ou arrancadas, podem soar estranho no começo, já que a rotação sobe constante com a velocidade, sem trancos, sem trocas, sem interrupções. Quando atinge velocidade de cruzeiro, as rotações caem para pouco mais de 1500 rpm garantindo o sossego e o silêncio.

Testeira-Segurança

nissan-sentra-unique_7

Controle de tração e estabilidade, ISOFIX, seis airbags (duplo frontal, dois de cortina e dois laterais) e ABS fazem parte do pacote de babás eletrônicas do Sentra. A carroceria sólida corrobora para a sensação de segurança transmitida pelo sedã. Nos EUA, o Sentra recebeu o prêmio Top Safety Pick por excelência nos testes te impacto, equivalente às cinco estrelas do Latin NCAP com alguns adicionais.

Testeira-Vale-a-pena

nissan-sentra-unique_11

Por R$ 1500 parece tentador levar a mais teto-solar, rodas aro 17 e acabamento bege. Por R$ 88.490 o Sentra Unique oferece uma boa lista de itens de série perante a concorrência, a qual, em suas versões topo de linha, são substancialmente mais caros que o Sentra e tão equipados quanto. Ele é sim uma boa alternativa para Civic e Corolla, mas está prestes a ser reestilizado, além de ter alguns concorrentes um pouco mais interessantes. Se o Nissan Sentra Unique te apetece, vá fundo, ele é um bom sedã e tende a te conquistar ainda mais.

Testeira-Em-movimento

nissan-sentra-unique_5

O visual é sóbrio e a condução é condizente com o que os olhos veem. O Nissan Sentra Unique tem um comportamento bastante neutro. Ele sabe encantar pelo conforto de rodagem e a disposição praticamente instantânea em situações as quais ele é requisitado. A suspensão é macia e a direção elétrica bastante anestesiada, com isso o motorista e os passageiros viajam no maior conforto possível.

nissan-sentra-unique_27

Mas o Sentra esconde por trás de seu comportamento pacato uma pequena surpresa: o câmbio CVT muito bem calibrado gerencia com maestria a rotação com a qual o motor trabalha para fornecer ao sedã uma vivacidade não esperada em um primeiro momento. É claro que esta característica cobra seu preço na hora de abastecer com etanol: as médias de consumo são altas, principalmente na cidade.

nissan-sentra-unique_1

Em comparação com outros japoneses como Civic e Corolla, o Sentra se aproxima mais da neutralidade do Corolla do que da esportividade do Civic, na prática ele funciona quase como um meio-termo. Não vai arrancar sorrisos, mas vai conquistar pela maneira sublime que ele desfila pelas ruas. No fim das contas, i Sentra Unique é um carro gostoso de dirigir, mas para aqueles que apreciam um suave passeio.

Avaliações-P´ros-e-contras Avaliações-Veredicto