Muitos daqueles que passaram (ou ainda estão passando) alguns de seus anos de vida dentro de uma sala de aula, sabem que em toda classe os clichês estudantis sempre existem. Havia o nerd com suas notas altas e sua paixão por video-games, o valentão que tirava sarro de todos e sempre arrumava uma briga, o popular que era amigo de todos e a paixonite de boa parte da sala, e o aluno certinho

Hyundai HB20 Premium
» Lista de Equipamento
» Ficha Técnica

O aluno certinho era aquele que a sua mãe dizia que era para você ser igual, o queridinho dos professores, que tirava notas altas e ao mesmo tempo se dava bem com todos do colégio ou faculdade. Ele não é adepto de grandes ousadias porque prefere agradar a todos, mas tem sempre um lado mais atrevido escondido debaixo de sua personalidade “de boa”.

Se o mercado automotivo fosse uma sala de aula, o Hyundai HB20 Premium se encaixaria perfeitamente neste clichê estudantil do aluno certinho. Ele é exemplo que outras mâes (fabricantes) querem que seus filhos sigam e faz de tudo para agradar a todos. Mas agora com os novos equipamentos, ele resolveu arrumar briga com os alunos da sala do andar de cima.

Testeira-Visual

hyundai_hb20_premium_exterior_5

A Hyundai promoveu uma benvinda mudança estética no HB20 para a linha 2016, mas deixou o que há de mais interessante restrito ao modelo Premium: os belos faróis com LEDs (que não tem função de iluminação diurna) e bloco elíptico, as maçanetas cromadas e as lanternas Clear Type (também presentes no rSpec e Comfort Style). De resto a receita é a mesma, o visual esportivo com linhas ousadas tipicamente coreanas que, até hoje, são capazes de virar pescoços na rua.

Testeira-Interior

hyundai_hb20_premium_interior_13

A cabine do HB20 Premium conta com parte inferior do painel em tom cinza, couro no volante e manopla de câmbio, ar-condicionado digital e central multimídia BlueMedia, diferenciais que elevam a sensação de sofisticação no HB20. Se no visual da cabine a Hyundai acertou a mão, a qualidade de matérias fica um pouco atrás. Para um carro que ultrapassa os R$ 60 mil reais, a falta de tecido nas portas traseiras pesa contra. Além disso, as aletas de comando atrás do volante e o próprio volante, transmitem a sensação de serem feitos de material barato. Todavia, os encaixes são feitos com precisão e a qualidade geral dos plásticos está exatamente dentro da média.

Testeira-Ambiente

hyundai_hb20_premium_interior_9

O compacto da Hyundai sabe como tratar bem os ocupantes dianteiros. A oferta de espaço é generosa, os bancos têm excelente apoio lateral, mas a poltrona do motorista marca falta ao oferecer apenas ajuste de inclinação do assento, compensando pelo volante com ajuste de altura e profundidade. O problema fica para os passageiros dos bancos traseiros: o espaço é limitado e a linha de cintura alta contribui para uma sensação levemente claustrofóbica.  O porta-malas de 300 litros do novo HB20 está no nível de Onix e Sandero, referencias em espaço-interno.

Testeira-Tech

hyundai_hb20_premium_interior_10

Um projeto moderno como o Hyundai HB20 merecia uma central multimídia com mais funcionalidades. A BlueMedia é pobre em recursos, tendo como único destaque o HLink, sistema que permite o uso do Apple CarPlay, mas a execução complicada que tira um pouco do brilho. O recurso não compensa a ausência de GPS, item esperado em um carro de R$ 60 mil. Apesar disso, a central é rápida e tem funcionamento intuitivo e simples, o que rende pontos positivos para o HB20 Premium.

Testeira-Ao-Volante

hyundai_hb20_premium_exterior_27

Ao volante é que o Hyundai HB20 começa a mostrar seu lado certinho. Ele atende todos os requisitos com competência ímpar e sem hesitar. A direção hidráulica tem a calibragem correta entre maciez para manobras e firmeza para andar em altas velocidades. Ela poderia apenas ser um pouco menos anestesiada e flutuar menos em altas velocidades na estrada. A solução seria adotar a direção elétrica oferecida no irmão aventureiro HB20X e que até agora não entendemos o porquê de não ser usada no HB20 e no HB20S.

Testeira-Sob-o-CVapô

hyundai_hb20_premium_interior_1

O motor 1.6 Flex do HB20 perdeu o tanquinho de partida a frio e passou por mudanças para ficar mais econômico. Na prática, a economia não é uma característica que pode ser atribuída ao modelo: em nossos testes com etanol, o consumo rodoviário ficou em 11,5 km/l e o urbano em 6,5 km/l. Apesar disso, foi uma boa melhoria em relação ao modelo anterior, que dispunha de um câmbio de apenas quatro marchas.

Testeira-Desempenho

hyundai_hb20_premium_exterior_15

Apesar de gastão, o motor 1.6 tem um casamento muito bem-sucedido com o câmbio automático de seis marchas. O HB20 automático tem muita agilidade no transito e é capaz de fazer retomadas rápidas, ao mesmo tempo em que pode rodar com um silêncio exemplar quando a tocada é mais pacata. Trancos entre as trocas de marchas não existem nem quando são feitas na faixa vermelha: de tão suave parece um CVT muito bem calibrado.

Testeira-Segurança

hyundai_hb20_premium_exterior_14

A Hyundai pode se vangloriar de ter um carro com quatro estrelas no LATIN NCAP, só não é o melhor da categoria por conta das cinco estrelas do Volkswagen up!, mas já figura entre os melhores. A inclusão de airbags laterais como item de série para o modelo Premium é um destaque para a categoria, que não via este item desde meados dos anos 2000 quando a Fiat oferecia como um esquecido opcional para o Palio.

Testeira-Vale-a-pena

hyundai_hb20_premium_exterior_8

Existem algumas questões pertinentes acerca do HB20 Premium. Por R$ 61.295 como o modelo testado, o compacto enfrenta concorrentes mais sofisticados, como Ford New Fiesta, e é cerca de R$ 3.500 mais caro que seu principal rival, o Chevrolet Onix com pacote de equipamentos semelhante. A versão Premium traz diversos itens interessantes para o consumidor, mas quando colocado na ponta do lápis, a versão de entrada com câmbio automático, a Comfort Plus se mostra mais interessante. Ficam de fora, em relação à Premium avaliada, itens importantes como acendimento automático dos faróis, central multimídia, ar-condicionado digital e airbags laterais, mas o preço de R$ 54.595 chama mais a atenção.

hyundai_hb20_premium_exterior_9

Quando analisado individualmente, o Hyundai HB20 Premium apresenta um conjunto convincente, com itens de série generosos, prazer ao dirigir, um preço um tanto quanto salgado mas ainda convincente perante suas qualidades. Ele é o certinho da turma, e por isso tem tudo que é preciso para agradar a todos e gerar aquela pontinha de inveja nas outras mães e nos rivais do HB20.

Testeira-Em-movimento

hyundai_hb20_premium_exterior_20

O Hyundai HB20 com motor 1.6 está entre os hatchs compactos mais rápidos do mercado, e isso se traduz diretamente nas repostas do modelo. Ele acelera com vigor e responde com imediatismo a cada cutucada no acelerador. Isso tudo é resultado do excelente casamento com o câmbio automático de seis marchas. As trocas são quase imperceptíveis em qualquer ritmo de tocada.

hyundai_hb20_premium_exterior_24

Com o novo trabalho de suspensão, a Hyundai acabou com o chato barulho de batida seca na suspensão traseira. Agora, o HB20 é mais silencioso e sólido ao rodar. A suspensão fica em um exato meio termo entre a firmeza dos Volkswagen e o conforto quase molenga dos Fiat (Palio e Uno). Em curvas em alta velocidade, o HB20 tende a sair de frente com bastante facilidade, impossibilitando abusar muito. Apesar disso, o compromisso com o conforto permite um rodar macio e suave, com ótima absorção de buracos.

hyundai_hb20_premium_exterior_13

Para aqueles que apreciam uma condução mais calma e pacata, o Hyundai HB20 Premium vai satisfazer totalmente. Ele entrega conforto e suavidade na medida certa, sem ser sem graça, já que, quando o acelerador é pressionado com mais vontade, o pequeno coreano mostra uma vivacidade ímpar. Mais uma vez, o certinho da turma é exemplo a ser seguido.

Prós-e-Contras-HB20 Veredicto-HB20